Carrinho de Compras

Ficar muito tempo sentado afeta a saúde

Provavelmente você está lendo este texto sentado. Calma, não precisa se sentir culpado ou levantar agora, mas precisamos conversar sobre isso. Você sabia que ficar muito tempo sentado afeta a saúde? Manter a posição por um longo período pode gerar desde um simples desconforto até problemas mais graves.

Você já parou para pensar quanto tempo do seu dia você passa sentado? Se você passa mais de seis horas do dia numa cadeira, você está mais propenso a desenvolver alguns problemas de saúde.

No mundo moderno, os trabalhos braçais são cada vez menores. Em geral, trabalhamos mexendo em uma máquina enquanto estamos sentados. A evolução tecnológica serviu para deixar a nossa vida mais confortável e realizarmos menos esforço físico. E ficar sentado por muito tempo é mais agradável do que ficar em pé por longos períodos.

O corpo humano se desenvolveu para que possamos nos movimentar com frequência. Nos primórdios, o meio de transporte do homem eram as pernas. Hoje, nos deslocamos sentados em carros ou no transporte público (quando não está lotado). O trabalho passou a ser menos físico e muitas atividades laborais são feitas com o bumbum repousando em uma cadeira. Estudamos sentados. Assistimos televisão sentados e nem precisamos mais levantar para trocar de canal.

Esse conforto, além de nos deixar mais preguiçosos, tem um preço a ser pago. Os mais radicais dizem que ficar sentado está destruindo o nosso corpo. Ou que ficar sentado é a versão moderna de fumar. Tem até palestra no TedX sobre isso – você pode conferir no Youtube depois. Sem radicalismo, ficar muito tempo nessa posição pode trazer uma série de problemas de saúde.

Enquanto estamos sentados, diversos músculos ficam mais relaxados enquanto outros ficam mais contraídos, como em qualquer posição. Porém, a longo prazo, o corpo começa a sentir os efeitos. A seguir, mostramos alguns deles para você ter uma melhor compreensão de como ficar muito tempo sentado afeta a saúde.

Dores nas costas

Quem nunca sentiu dor nas costas que atire a primeira pedra. Responsável por nos manter eretos, a coluna é a região do corpo que mais sofre com os nossos hábitos. Para quem passa muito tempo sentado, as dores no local são as primeiras a aparecerem. 

Os problemas na coluna surgem, principalmente, para quem tem má postura. Como músculos abdominais e lombares, responsáveis por estabilizar a coluna, estão mais relaxados, a estrutura das costas fica com maior instabilidade. Como consequência, há aumento da pressão sobre os discos da coluna, gerando aquele desconforto, aquela dorzinha desagradável

Artrites e tendinites

O mau hábito de ficar muito tempo sentado afeta muitas articulações do corpo. A situação se agrava para quem trabalha usando computadores e equipamentos similares. As articulações passam muito tempo flexionadas ou contraídas. Também há a repetição de movimentos, o que pode gerar artrites (inflamação das articulações) e tendinites (inflamação dos tendões). 

Metabolismo lento

Se você está sentado, você não está se movimentando. É óbvio, mas ter consciência disso é importante para entender como ficar muito tempo sentado afeta a saúde. Nesse caso, o alvo da observação é o metabolismo.

À medida que nos movimentamos pouco, gastamos menos energia e, consequentemente, o organismo consome poucas calorias. E se o corpo precisa de pouca energia para se manter, o metabolismo fica mais lento. Quando isso acontece, as chances de você ganhar peso aumentam significativamente. Também há o risco de aumentar a quantidade de gordura abdominal.

Diabetes

Se ficar sentado pode aumentar o seu peso e aumentar o acúmulo de gordura na região abdominal, o próximo passo pode ser desenvolver diabetes. Isso pode acontecer porque o processo de engordar e acumular gordura favorece a produção de substâncias inflamatórias que podem afetar o funcionamento do pâncreas. Caso essa sucessão de fatores aconteça, o organismo desenvolve resistência insulínica, que pode resultar em diabetes

Problemas circulatórios

Os vasos sanguíneos ficam mais comprimidos quando estamos sentados. Dessa maneira, o sangue encontra barreiras para circular pelo corpo, dificultando a oxigenação dos órgãos. 

A menor circulação de sangue também traz outras consequências, como dificuldade no  transporte de nutrientes e hormônios. Você pode sentir efeitos menores como cansaço ou, em casos mais graves, desenvolver trombose (formação de coágulos nas veias).

Como combater os riscos

Os vasos sanguíneos ficam mais comprimidos quando estamos sentados. Dessa maneira, o sangue encontra barreiras para circular pelo corpo, dificultando a oxigenação dos órgãos. 

A menor circulação de sangue também traz outras consequências, como dificuldade no  transporte de nutrientes e hormônios. Você pode sentir efeitos menores como cansaço ou, em casos mais graves, desenvolver trombose (formação de coágulos nas veias).

Para muita gente, ficar sentado é inevitável. Uma alternativa para amenizar os efeitos é alterar posições ao longo do dia, se levantar e se alongar, fazer pequenas caminhadas mesmo em espaços pequenos. Utilizar almofadas na região lombar também é eficiente. A realização de atividade física também ajudará a amenizar os efeitos de ficar muito tempo sentado. 

Agora que você chegou ao final deste artigo, pode levantar e se movimentar um pouco.